Exorcismos Reais que viraram filmes.

Começando pelo mais famoso dos filmes de exorcismo.

O Exorcista.
Sempre ouço dizer que é um filme fictício,mas não é.
Diferente do que mostra no filme,na vida real foi um menino de 14 anos que inspirou o autor William Peter Blatty a fazer um Livro e do livro surgiu o famoso filme.
O exorcismo do garoto foi documentado em 1949.



"O livro teria sido baseado nos registros de um caso real, alegadamente realizado em Mount Rainier, no estado de Maryland. O jornal "The Washington Post" e supostamente outros periódicos locais relataram o discurso de um padre feito numa sociedade de parapsicologia amadora, na qual este teria afirmado haver exorcismado um demônio em um menino de 14 anos de idade chamado Ronald, cujo sofrimento durou cerca de seis semanas, e terminado em 19 de abril de 1949.


O Exorcismo de Emily Rose

Anneliese Michel é o nome da garota alemã de família católica que acreditava ter sido possuída por uma legião de demônios, tendo sido submetida a uma intensa série de sessões de exorcismo pelos padres Ernest Alt e Arnold Renz em 1975 e 1976. O Caso Klingenberg, como passou a ser conhecido pelo grande público, deu origem a vários estudos e pesquisas, tanto de natureza teológica quanto científica, e serviu como inspiração para os filmes O Exorcismo de Emily Rose, dirigido pelo cineasta estadunidense Scott Derrickson, e Requiem, dirigido pelo polêmico cineasta alemão Hans-Christian Schmid.
Anneliese experimentou o que é reconhecido por profissionais médicos como graves distúrbios psiquiátricos a partir dos 16 anos de idade até sua morte, aos 23 anos, de desnutrição secundária à doença mental. Depois de vários anos de tratamento psiquiátrico ineficaz, ela se recusou ao tratamento médico e solicitou um exorcismo. As graves conseqüências atribuídas ao ritual de exorcismo sobre a jovem motivaram a abertura de um processo criminal pelos promotores de justiça locais contra os pais de Anneliese e os padres exorcistas, causando uma grande polêmica em toda a Europa e dividindo a opinião pública mundial. Ambos os padres que realizaram o exorcismo e os pais de Michel foram condenados por homicídio negligente porque não procuraram tratamento médico.



No caso de Anneliese, as 67 sessões de exorcismo que se seguiram, numa freqüência de uma ou duas por semana, se prolongaram inicialmente por cerca de nove meses, durante os quais ela muitas vezes tinha que ser segurada por até três homens ou, em algumas ocasiões, acorrentada. Ela também lesionou seriamente os joelhos em virtude das genuflexões compulsivas que realizava durante o exorcismo, aproximadamente quatrocentas em cada sessão.

Nas sessões, que foram documentadas em quarenta fitas de áudio para preservar os detalhes, Anneliese manifestou estar possuída por, pelo menos, seis demônios diferentes, que se autodenominavam Lúcifer, Caim, Judas, Nero, Hitler e Fleischmann, um padre caído em desgraça no século XVI.

Todavia, o Rituale Romanum, assim como o tratamento com psicotrópicos, também não surtiu o efeito desejado.
Em 1 de julho de 1976, no dia em que Anneliese teria predito sua liberação, morreu enquanto dormia. À meia-noite, segundo o que afirmou, os demônios finalmente a deixaram e ela parou de ter convulsões. Anneliese foi dormir exausta, mas em paz, e nunca mais acordou, falecendo aos 23 anos de idade. A autópsia considerou o seu estado avançado de desnutrição e desidratação como a causa de sua morte por falência múltipla dos órgãos. Nesse dia, o seu corpo pesava pouco mais de trinta quilos.


O Ritual

The Rite - O Ritual é um filme de suspense sobrenatural estadunidense baseado no livro The Rite: The Making of a Modern Exorcist de Matt Baglio, dirigido por Mikael Håfström e escrito por Matt Baglio e Michael Petroni. É estrelado por Anthony Hopkins como o Padre Lucas. Foi lançado em 28 de janeiro de 2011 nos Estados Unidos e em 11 de fevereiro do mesmo ano no Brasil.



Michael Kovak, desiludido com seu pai e sua vida em casa, decide entrar para um seminário e abdicar de seus votos após a conclusão, dando-lhe assim um diploma universitário. Quatro anos se passam e Michael está sendo destinado ao diaconato no seminário. No entanto, depois da ordenação, ele escreve uma carta de demissão ao seu superior, padre Matthew, citando uma falta de fé.
Matthew o convida para ir a Roma para assistir uma aula sobre exorcismo.Durante as aulas, ele conhece, Angelina, que também está fazendo o curso,ficam amigos. O padre que da as aulas,Xavier, percebendo que Michael está se tornando cético, decide mandá-lo para casa de seu amigo,padre Lucas,um padre que tornou o exorcismo parte de sua vida.Depois de alguns rituais em uma garota da região,ela acaba falecendo e o demônio possuindo o padre Lucas.
Michael decide realizar o exorcismo por si próprio. Depois de ser repreendido constantemente pelo demônio e uma longa e demorada luta, Michael recupera sua fé uma vez perdida e consegue forçar o demônio a revelar seu nome, que é Baal. Ele termina o exorcismo e deixa padre Lucas. Bem-sucedido, Michael deixa Roma, retornando para a América e para a sua vida.

Tenso Demaisss!!!


BjosssFuiiii

0 comentários :

Postar um comentário